[2º] O termômetro (por Gabriel A. Lúcio)

Todos nós, a partir de uma certa idade passamos a entender um pouco sobre certas coisa, acho que se perguntarmos a uma criança de seus 9 (nove) anos de idade, ela saberia me responder facilmente para que serve (claro que de uma maneira popular, e não científica).

Já imaginou como seria se você estivesse com suspeita de febre e não pudesse ter certeza se era só uma febre. Ou você encostar em algo em uma indústria que está muito quente e não sabia, era assim que funcionavam as coisas antes de inventarem o termômetro.

As tentativas de criação do termômetro começaram faz pouco tempo, a uns 2014 anos atrás (ano 3 a.C), foi Philon de Bizâncio que tentou produzir algo com uma funcionalidade dos termômetros que conhecemos hoje em dia, só que o aparelho produzido por ele media só as diferenças de temperaturas. Depois em 1612 o italiano Santorio Santorio definiu uma escala para um termoscópio aéreo, mas a precisão das medidas também eram ruins, mesmo assim ele foi considerado o criador do termômetro. Ao longo dos tempos foram ocorrendo outras tentativas como a de Torricelli, aluno de Galileu, e outros.

Foi em 1714 que Daniel Gabriel Fahrenheit difundiu o termômetro feito de mercúrio, mas ele fez algo a mais, criou uma escala mais especifica de se medir temperatura, ela variava até 180º. A escala que conhecemos como Celsius foi criada em 1742, na Suécia, por Anders Celsius, essa dizia que o ponto de fusão da água era de 100º e o de ebulição era 0º. 100º Celsius é o equivalente a 373,15º Kelvin, e quando dizemos que é 0º Kelvin, é zero absoluto.

O primeiro a inventar um termômetro que medisse a temperatura do corpo humano foi o Sir Thomas Allbutt, em 1867.

Agora você já sabe como inventaram esse negocinho fininho e estranho que você coloca debaixo do braço e por um passo de magicas em dois minutos mostra a temperatura de seu corpo.

Com o tempo foram criando variações de diferentes usos, os mais utilizados são os, termômetros biometálicos, digital e de mercúrio. O termômetro biometálico é utilizado para ver a dilatação de um metal. O termômetro digital é muito utilizado em empresas para ver a temperaturas de produtos. E em geladeiras e freezers.

E o termômetro de mercúrio é feito de um tubo capilar (de uma espessura quase do tamanho de um fio de cabelo), com uma porcentagem de mercúrio liquido que se expande ou se comprime de acordo com a variação de temperatura. Bastante utilizado para medir a variação da temperatura em geral.

Deixe um comentário

Arquivado em SESI.2A

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s