[3º] O que é eletrização? Quais são os seus processos? (por Lucas Maciel)

O Processo de desenvolvimento de cargas elétricas estáticas em determinado meio, chamado eletrização, é um fenômeno muitas vezes proveniente da natureza, mas também existem diversas causas. E muitas vezes esses fenômenos passam despercebidos por nós. Esse fenômeno consiste na transferência de cargas elétricas entre corpos, e essa transferência por ocorrer através de três processos, sendo eles: por atrito; por contato e por indução.

Eletrização por atrito

Quando dois corpos inicialmente neutros são esfregados um ao outro existe uma retirada de elétrons, fazendo com que o corpo atritado adquira sinais opostos. Isso é determinada por uma tabela chamada de série triboelétrica.

Imagem 1

É muito simples entender o funcionamento da série triboelétrica. Se atritarmos uma lã com celulóide, a lã ficará carregada positivamente, enquanto que o celulóide ficará carregado negativamente. Isso nos explica o seguinte, durante o atrito a lã perde eletrons e o celulóide ganhou eletrons.

Eletrização por contato

Ocorre quando se tem um corpo inicialmente neutro e outro eletrizado, ao colocar o corpo carregado próximo ao neutro existe uma troca de elétrons deixando assim o corpo que estava neutro também eletrizado. Essa transferência irá acontecer com um tempo muito rápido até que ambos fiquem com o mesmo potencial elétrico.

Imagem 2

Eletrização por indução

Um corpo é eletrizado apenas pela aproximação de outro corpo previamente eletrizado, todavia, para que esta eletrização se mantenha é necessário de utilizar de um simples artifício, sem o qual o corpo volta ao seu estado anterior. Na eletrização por indução, o corpo induzido sempre se eletriza com carga de sinal contrário à do corpo indutor. Indução eletrostática corresponde à separação das cargas negativas e positivas de um condutor neutro, devido à aproximação de um corpo eletrizado.

Imagem 3

Ainda temos curiosidades sobre a eletrização, como o exemplo da televesão de tubo. A televisão de tubo mesmo desligada, ela possui uma grande quantidade de energia concentrada dentro do tubo, e por isso quando ligamos, e encostamos nela, a energia estatica faz com que os pelos do braço arrepiarem. Essa é uma prova onde ela mesmo estando desligada ela concentra muita energia. Mais um caso interessante seria a do canudo e de papeis cortados em pedaços pequenos, com um papel toalha você atrita o canudo fazendo assim um ato de retirada de eletrons do canudo, com isso, ele fica com um aspecto de carga positiva. Os papeis que podem estar em cima de uma mesa, sendo eles neutros. Como visto na imagem 3, os papeis são induzidos ate o canudo pelo seu campo magnético, passando de eletrização por atrito para eletrização por indução. Após ocorrer o equilibrio entre o canudo e os papeis, os dois acabam ficando com cargas positivas e assim fazem com que ocorra a repulsão entre os corpos.

Bibliografia

Processos de eletrização:

http://www.brasilescola.com/fisica/processo-eletrizacao.htm

http://www.presenteparahomem.com.br/fisica-como-pode-ocorrer-a-eletrizacao/

Eletrização:

http://www.presenteparahomem.com.br/fisica-o-que-e-a-eletrizacao/

http://educacao.uol.com.br/fisica/ult1700u39.jhtm

http://filoczar.com/Conteudo%20educacional/Apostilas/Fisica/Eletricidade.pdf

Vídeo:

http://www.youtube.com/watch?v=klUADgHQDQk

About these ads

Deixe um comentário

Arquivado em SESI.3A

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s