[1º] Velocidade* (por Karina Miranda)

Velocidade é variação da posição no espaço em relação ao tempo, é a relação entre um espaço percorrido e o tempo gasto no percurso ”rapidez com que um corpo se desloca ”, uma grandeza vetorial possuindo direção, sentido e módulo.

Temos o símbolo da velocidade que é conhecida como ” v” velocidade escalar.

Velocidade é um conceito fundamental para a mecânica clássica, foi a partir desse que os primeiros físicos puderam desenvolver o estudo do movimento dos corpos, tornando-se capazes de descrever trajetórias através de funções matemáticas. Isaac Newton é conhecido como o pai da mecânica clássica foi ele em que desenvolveu o cálculo diferencial a partir desse estudo. Há dois tipos de movimentos considerados mais simples: (MRU) e (MRUV), que são representados por equações .

MRU → movimento retilíneo uniforme é movimento de um objeto com a velocidade constante. Observe a imagem , para compreender as equações .

Mru

Partindo da definição da velocidade:

v = Δs / Δt = (s2 – s1) / t2 – t1

Aplicando as observações descritas acima, temos:

v = (s – s0) / (t – t0)

Simplificando a expressão, temos que:

v.t = s – s0

Isolando o espaço s, fica:

s0 + v.t = s

Portanto a Função Horária do MRU é dada por:

s = s0 + v.t

MRUV → movimento retilíneo uniforme variado é um movimento que varia a velocidade de um objeto constante é uma ” equação da aceleração ”. Em relação a um determinado referencial, um móvel está em MRUV se sua aceleração vetorial a é constante. Nesse movimento, o módulo da velocidade aumenta e/ou diminui uniformemente.

A equação é representada através da seguinte forma :

a = Δv / Δt

A TOLERANCIA HUMANA depende da magnitude da força-g, dependendo da duração, da intensidade e do local onde é aplicada essa força. O corpo humano é flexível e deformável, como ocorre quando uma pessoa recebe um tapa no rosto.

Curiosidade: força g → é uma unidade de aceleração não SL definida como exatamente 9,806 65 m/s, o que é aproximadamente igual a aceleração devida à gravidade na superfície da terra.

Uma pessoa normal aguenta cerca de uma aceleração de 5g (ou 50 ms/s), ocorrendo o enrijecimento dos músculos devido a força que o sangue exerce na volta de cérebro .

Curiosidade: um humano pode sobreviver a uma aceleração de 20 a 40g por pequeníssimo espaço de tempo.

 

*Este texto receberá nota menor do que os outros devido ao atraso, ao excesso de cópia sem indicação de referências e à falta de título.

Deixe um comentário

Arquivado em SESI.1A

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s