[1º] As leis de Newton (por Nathália Assis)

Aprendemos que força é uma grandeza vetorial e como é que representamos as forças que atuam sobre o objeto. Uma coisa importante relembrar é que o movimento de um objeto depende apenas das forças que ele sofre, e não que eles fazem. As Leis de Newton são enunciados obtidos a partir da experiência que relaciona as forças com os movimentos que provocam e que as forças entre si. Então, vamos relembrar esses enunciados.

Primeira Lei : Princípio da Inércia.

Em um linguajar popular, diz “deixe-me estar como estou”. Se estou em repouso, quero continuar em repouso, se estou em movimento, quero continuar com a velocidade que estou. Qualquer tentativa de retirar-me do estado atual, de repouso ou movimento, encontrará séria imposição.

A Inércia é uma constataçao. Quando o resultado das forças que agem sobre o objeto é nula, então esse objeto não modifica sua velocidade, ele se mantém constante. Tanto vale para situaçao que identifico em que a força resultante é nula e portanto, a velocidade é constante, como ao contrário, quando ele identifica que o objeto se move com velocidade constante, e então podemos descobrir que a força resultante sobre ele é nula.

Segunda Lei: Lei Fundamental da Dinâmica.

Todo corpo em repouso precisa de uma força para se movimentar e todo corpo em movimento precisa de uma força para parar.”

A segunda lei de Newton descreve o comportamento de um corpo quando ele atua sobre uma velocidade que é colocada, cujo resultante é diferente de zero. Quanto maior a força obtida em um objeto, maior será a variação de velocidade que ele reagir. Assim, a resultante das forças que atuam sobre ele está diretamente ligada a aceleração que ele adquire.

Terceira Lei: Lei da Ação e Reação.

Isaac Newton percebeu que toda ação estava associada a uma reação. Do mesmo jeito que um primeiro corpo exerce sobre o segundo, o segundo também reagirá sobre o primeiro.

A Lei da Ação e Reação foi enunciada, assim, por Newton: “Se um corpo A aplicar uma força em B, receberá deste uma força da mesma intensidade, mesma direção e sentido oposto á força que aplicou em B.

Ao usarmos a terceira Lei de Newton, não podemos esquecer que as forças de ação e reação estão associadas a uma única interação, ou seja, corresponde as forças trocadas entre apenas dois corpos.

Deixe um comentário

Arquivado em SESI.1A

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s